Páginas

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Em foco




Para um toque luminoso em sua festa junina, fio de luzinhas com amarrações de tecido Denim e juta, numa combinação inusitada.

Veja como fazer num vapt-vupt.



Material :
fio de luzinhas brancas
4 rolos de juta, 2 de cada cor (cores a gosto) (juta de trama aberta)
denim em rolo
tesoura

Defina as cores que deseja usar de acordo com seu projeto de decoração e paleta escolhida.
Para o Natal, por exemplo, o verde e vermelho, enquanto para as festas juninas, vermelho e azul e época de torcida de esportes, verde e amarelo.

Quanto ao comprimento das tiras, dependem do seu projeto também.



Denim é o mesmo que brim ou ganga, um tecido resistente de algodão, linho ou fibra sintética em que são tingidos apenas os fios do urdume, isto é, os na longitudinal.
O tingimento anteriormente feito apenas com corante anil, hoje é feito em diversas outras cores.
O corante mais usado é o índigo, que não penetra tanto nas tramas, fazendo assim com que algumas partes fiquem mais claras e outras mais escuras, o que define seu charme.
Muito usado para calças comprida, saias e jaquetas, mas também estofado ou capas de sofá e artesanato. Até mesmo na confecção de fuxicos, agora que ele existe numa espessura menos consistente.
A palavra denim surgiu na França no século XVII a partir da expressão "serge de Nîmes", referindo-se a um tecido mescla de seda e lã, produzido na cidade de Nîmes.
No século XIX passou a definir um algodão rústico produzido nos Estados Unidos usados pelos trabalhadores da época.
É o tecido matéria-prima do jeans.



A juta (corchorus capsularis) é uma fibra têxtil vegetal que provém da família Tilioideae uma erva lenhosa, que chega a alcançar de 3 a 4 metros de altura e seu talo tem cerca de 20 mm.
A fibra útil é contida entre a casca e o talo e a extração é feita pelo processo da maceração.
As árvores cortadas rente ao solo com foices são limpas das folhas, postas em feixes dentro da água parada ou corrente.
A alta temperatura favorece a fermentação e em 8 a 10 dias consegue-se retirar a casca, separando-se a fibra da parte lenhosa.
Enxágua-se e empacota-se.
As jutas de melhor qualidade têm fibras robustas e talos de cor branca e brilhante; as inferiores são mais escuras, fibras de menor comprimento e menor resistência.
Até os anos 30 o Brasil importava a juta da Índia.
Foi aqui introduzida pelos imigrantes japonesas pela Ryota Oyama, que criou a variedade "Oyama", que representou grande parte da economia da região Norte do Brasil.



Passo a passo :
1. Corte a fita de juta vermelha em pedaços iguais no comprimento que desejar;
2. Faça o mesmo com a juta branca;


3. Corte o denim em pedaços do mesmo comprimento da juta;


4. Amarre simplesmente as tiras de juta e denim no fio de luzinhas.

Dica : Melhor fazer um nó simples para não ficar muito volumoso, mas é apenas uma opção.
No caso de nó duplo, você vai necessitar de maior quantidade de juta e denim.


5. Amarre as tiras de juta e as de denim uma ao lado da outra de ponta a ponta do fio de luzinhas, sem muito critério quanto aos comprimentos de cada pedaço.
É um projeto cujo aspecto final é confuso propositadamente.


Dica : Trabalhar com a juta pinica a pele, portanto use calça comprida ou trabalhe sobre uma mesa e não no chão.


Aqui o fio de luzinhas decorado.
Tem um aspecto bem "feito em casa", excelente para uma festa junina.

E pode ficar tranquilo que as luzes não queimam os tecidos.


Federica

(forte : http://www.createcraftlove.comhttps://usejeans.wordpress.comhttps://pt.wikipedia.org)

Nenhum comentário:

Postar um comentário