Páginas

sábado, 31 de dezembro de 2011

A hora da virada




Cada página que eu viro é uma nova porta que se abre.
É um novo lugar em que entro.

M. F. Cândido




Federica e Vera


Nenhum comentário:

Postar um comentário